Para maratonar: Yellowstone

A série americana tem muito em comum com qualquer outra, a disputa por poder regada a muita corrupção e ambição. Porém, ao invés de agentes do FBI, o que vemos são caubóis montados a cavalo fazendo justiça, na maioria das vezes, com as próprias mãos.

Os cenários ficam por conta do estado americano de Montana, que por si só ja fazem a série valer a pena e da aquela vontade de visitar pessoalmente. O ator Kevin Costner aparece como o fazendeiro John Dutton, personagem principal da trama,  que tem como meta de vida defender suas terras a qualquer custo. 

Apesar de não ser baseada em uma história real, a série explora um tema atual em território norte americano, a disputa por terra. Os milhares de acres que fazem parte do rancho Yellowstone, pertencido a John Dutton, é também cobiçado por grandes empresas que querem expandir e investir na área e também por grupos indígenas, que lutam para retomar as terras que um dia foram suas. 

A pergunta sempre fica no ar, quem deveria por direito ter poder sobre essas terras? John, que herdou de sua família, os Nativos, que dizem que as terras pertenciam a seus ancestrais antes de serem tomadas pelo homem branco, ou ainda, deveriam ser usada pelo governo e por grandes empresas para desenvolver e gerar mais empregos e renda na região? Se deveria ou não pertencer a John Dutton, é incontestável tudo que ele faz para manter cada acre de sua fazenda. Para ele, as terras são o legado de sua família e não tem dinheiro que compre. De fato, ele recusa uma oferta de 500 milhões de dólares por 50 mil acres de sua fazenda alegando que prometeu para o pai, antes de ele morrer, que ele nunca venderia, e sua palavra não tem preço. 

A obrigação de defender as terras da família Dutton fica por conta de John e seus quatro filhos adultos, que ao mesmo tempo que se mostram fiéis ao pai, eles tem seus próprios interesses e ambições. Muitas vezes instáveis e lidando com o próprio ego e traumas do passado, eles se juntam para lutar pelo patrimônio, mesmo que seja nítido que será cada vez mais difícil mantê-lo. 

A produção tem sido sucesso de audiência, com mais de 7 milhões de espectadores assistindo o finale da terceira temporada, se tornando uma das séries mais assistidas da tv paga americana. Personagens fortes e polêmicos com as montanhas de Montana como plano de fundo formam um belo combo para maratonar nessa quarentena. O desafio da família Dutton de manter cada centímetro de suas terras envolve muita politicagem, corrupção, perseguições e emboscadas. Um faroeste moderno que vale a pena conferir.   

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s